Coloração pessoal: faça o teste e descubra a sua!

O QUE É COLORAÇÃO PESSOAL?

As cores naturais do nosso corpo compõem nossa coloração pessoal, que é uma paleta natural constituída pelos tons da pele, dos olhos e dos cabelos.

Sabe aquela blusa que parecia linda no cabide mas que não ficou nada bem em você?

Bem, como nós já sabemos que você é linda, é claro que deve haver uma explicação para que algumas roupas lhe caiam bem, enquanto outras não.

Isso se deve ao seu biótipo e à sua coloração pessoal, que alteram a percepção de suas formas e cores, como você vai ver na ilustração abaixo.

Estas formas e cores são os elementos chave para a consultoria de imagem.

Como consultora, meu trabalho é descobrir a fórmula perfeita para o seu guarda-roupa, combinando tudo isso à sua personalidade e estilo de vida, para te deixar linda, diva e autêntica!

Hoje vou te contar um pouco sobre um desses elementos (meu preferido), que é a sua coloração pessoal.

COMO ESSAS CORES INTERAGEM?

Quando duas cores complementares do círculo cromático se encontram, elas geram um contraste que salta aos nossos olhos, e provocam a ilusão de que são mais fortes do que realmente são.  Tentei mostrar isso nessa ilustração aqui:

coloração pessoal análise cromática paleta sazonal

Percebe como os círculos médios parecem mais pálidos no círculo amarelo e no verde? São a mesma cor, ó:

circulos neutros consultoria de imagem alicem.estilo coloração pessoal análise cromática paletas sazonais

 

MAS O QUE ISSO TEM A VER COM A NOSSA ROUPA?

Cada pele tem uma característica que a gente chama de subtom. É como se fosse uma corzinha escondida debaixo da nossa pele, que literalmente corre nas nossas veias (tem a ver com a proporção entre carotina e hemoglobina).

A partir do tom da nossa pele, dos olhos, cabelos, e desse subtom é que a gente monta uma paleta de cores que combina com eles, isto é, faz eles ficarem bonitos.

Quando a gente usa as cores certas, essa combinação ilumina o rosto, faz o branco do olho parecer mais branco, suaviza os traços, enquanto a escolha errada evidencia olheiras, rugas e espinhas, faz parecer cansada, mais velha ou até doente.

Por exemplo, se você tem um subtom minimamente amarelado, e usa o roxo ali do exemplo, pode ficar parecendo que você tá anêmica, gripada, com amarelão ou qualquer coisa que deixa a gente amarelada e pálida. E as pessoas vão te perguntar se você tá bem!

Como exemplo, e pelo bem de ciência, vou colocar meu antes e depois. Eu sou fria, sou verão, e fico melhor de cores frias. Mas insistia no cabelo ruivo, porque né, gente? Quem não aprecia um ruivinho…

antes e depois análise cromática coloração pessoal paletas sazonais

Percebe como um cabelo frio deixou a minha pelo muito menos rosada? Gente, essas fotos são recentes, com o mesmo batom, mesmos óculos, mesma base, mesmo colar, mesmo local, mesmo horário do sol.

AS PALETAS SAZONAIS

Como ninguém aqui é obrigada a estudar teoria das cores pra se vestir bem, é lógico que eu vim te trazer o macete por trás da coloração pessoal: as paletas sazonais.

É possível dividir os biótipos em 4 paletas básicas, que a gente chama de sazonais porque são relacionadas às quatro estações: primavera, verão, outono e inverno.

As paletas de solstício (verão, inverno) são paletas de cores frias, enquanto as paletas de equinócio (primavera, verão) são paletas de cores quentes.

Mas Alice, sua louca, o verão não é quente?!

Observa nessa imagem abaixo as paisagens das 4 estações. Tá vendo como no verão tem muito azul, enquanto no outono tem muito amarelo?

É por isso que a paleta de verão é considerada fria (cheia de azul), enquanto a paleta de outono é considerada quente (cheia de amarelo).

coloração pessoal estações paletas sazonais análise cromática

CORES QUENTES E FRIAS

O primeiro passo para descobrir a sua paleta sazonal é descobrir se você é quente ou fria. Mas como fazer isso sem saber o que são as cores quentes e frias?

Te mostro agora:

teste de coloração pessoal análise cromática paletas sazonais subtom frio e quente

A coluna esquerda é fria, e a coluna direita é quente. Percebe?

Se você não viu muita diferença, quer uma ajudinha pra descobrir sua paleta, e mora em BH, marca um atendimento de análise cromática comigo clicando aqui.

Ou, você pode participar desse workshop que inclui a análise cromática e várias outras etapas da consultoria em uma manhã.

COMO DESCOBRIR SE VOCÊ É QUENTE OU FRIA

Agora que você já sabe reconhecer o quente e o frio, vamos fazer uma autoavaliação. Responda as seguintes perguntas:

Eu fico melhor de dourado (quente) ou de prateado (frio)?

Eu fico melhor de marrom (quente) ou de preto (frio)?

Você pode fazer essa comparação de frente para o espelho (seu melhor amigo), à luz natural (se for de manhã, melhor ainda!).

Coloca um brinco dourado, depois um prata, ou coloca a sua roupinha preta ou marrom do lado do rosto e vai comparando.

Decidiu? Ótimo.

Para encontrar sua coloração pessoal, basta seguir no organograma a sua temperatura, cor dos olhos e do natural do cabelo.

teste de coloração pessoal análise cromática paletz sazonal

Para ver as cores de cada paleta de coloração pessoal, dá uma olhada no meu mural no Pinterest, e aproveita e me segue por lá!

Essas cartelas não resumem todas as suas cores, são apenas um guia para te ajudar enquanto você ainda está treinando o olhar.

Por isso, no meu atendimento presencial, eu não entrego uma tabela impressa, mas ensino exercícios para treinar seu olhar, te tornando uma consumidora independente e consciente!

Este teste define sua paleta natural, aquela que tem a ver com as cores do seu corpo. Embora seja muito comum que ela expresse suas cores preferidas, nem sempre isso acontece.

Se sua paleta não for a que você mais gosta de usar, aguarde a atualização desse post, onde eu explicarei como driblar sua paleta natural para ficar bem usando as cores que você quiser!

E O MÉTODO SAZONAL EXPANDIDO?

Alice, eu descobri minha paleta, mas fiquei sabendo que tem um tal de método expandido, onde a gente tem uma paleta mais detalhada, como eu faço pra fazer esse teste?

Bem, minha amiga, nesse caso as coisas ficam mais complicadas e é melhor você procurar uma profissional (eu, no caso, né?).

Vou deixar vocês com a Luciana Ulrich, uma expert no assunto, explicando mais rapidinho o que é a coloração pessoal e suas vantagens:

AGENDE UMA ANÁLISE CROMÁTICA

Para marcar uma análise cromática comigo, se inscreva para o workshop!
Para conhecer melhor o meu serviço de consultoria de imagem, clique aqui.

17 respostas para “Coloração pessoal: faça o teste e descubra a sua!”

  1. Isso é muito maneiro. Não é que minha paleta corresponde a uma de minhas estações prediletas: outono! E também a minhas preferencias cromaticas!

    1. Oi, Adriana, muito provável que seja inverno pela sua descrição, mas pode misturar com verão, sim! Intuição é tudo quando se trata da nossa própria cor, porque ninguém te conhece tanto quanto você. ??

  2. Oi, Alice! Já faz meses e meses que eu pesquiso sobre subtons de peles e suas paletas mas a maioria dos conteúdos estão em inglês. Nos meus pulsos eu encontro veias verdes e roxinhas, então suponho que meu subtom seja neutro, e fica bem difícil de saber a qual paleta pertenço. Meu tom de pele é médio, pinto meu cabelo de preto e meus olhos são castanhos. Até agora eu achei que me classificaria em deep winter. O que você acha?

    1. Oi, Julia, tudo bem?
      Não é possível deduzir a sua paleta apenas a partir dessa descrição. Principalmente se você quiser a sua paleta do método sazonal expandido.
      Se você se sente em dúvida, o ideal é que procure uma profissional: uma consultora de imagem na sua cidade poderá rapidamente fazer essa avaliação para você, bem como treinar seu olhar para essas questões. E, ao encontrá-la, mostre a cor natural do seu cabelo, se possível, nem que seja em fotos. É essa cor que conta para a análise. Ok?

      Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *